Brasil encara o Equador nesta quinta com 50% de público


Panorámica do Estadio Rodrigo Paz Delgado - Foto: Divulgação

A luta para consolidar a seleção brasileira às vésperas da Copa do Mundo de 2022 terá mais um capítulo nesta quinta-feira (27), diante do Equador, às 18h (de Brasília), no Estádio Rodrigo Paz Delgado, em Quito.


Já classificada para o Mundial, a equipe canarinho tentará mostrar que consegue manter seu padrão de jogo e propor variações em um momento em que também promove novos testes. Além disso, Tite quer provar que já sabe driblar a ausência de Neymar. O astro volta a ser baixa devido a uma entorse no tornozelo esquerdo.


Diante do Equador, a equipe brasileira levará a campo jogadores em momentos diferentes com algo em comum: a busca por espaço na lista final de Tite. Prestigiado por Tite, Coutinho terá sua esperada nova chance como titular. O meia de 29 anos não iniciava uma partida desde o triunfo por 4 a 2 sobre o Peru, em 2020, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo.


Liberação de público


O comitê de gestão de riscos do Equador reviu sua decisão e liberou a capacidade de 50% de público para o duelo entre equatorianos e brasileiros, nesta quinta-feira, pelas Eliminatórias. A decisão saiu após nova análise em reunião nesta quarta-feira e depois de dias de muita pressão da federação local de futebol e até do presidente do Equador, Guillermo Lasso.


Os órgão de saúde alegavam precaução pelo crescimento de novos casos de Covid-19 em todo o Equador. O tema foi tratado na coletiva de imprensa da "La Tri", apelido da seleção equatoriana, nessa terça-feira, com apelos do presidente da Federação Equatoriana de Futebol, Francisco Egas, e do técnico Gustavo Alfaro. Entre outras coisas, eles lembravam que apenas o Equador jogaria sem torcedores como mandante nesta rodada.


Fonte: Portal R7 e Globo Esporte

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo