Caminhões formam fila quilométrica para teste de Covid na fronteira da Argentina com o Chile


Foto: Telam/AFP

Entre 1,8 mil e 2 mil caminhões estão parados, desde o começo da semana, na fronteira da Argentina com o Chile, formando longas filas do lado argentino do Paso Cristo Redentor, a principal ligação entre os dois países, na Cordilheira dos Andes.


O "congestionamento" começou após o governo chileno endurecer seus controles sanitários a motoristas estrangeiros, exigindo que os caminhoneiros façam testes de Covid-19 na fronteiro, segundo os trabalhadores de transporte argentinos.


O mesmo problema ocorre na fronteira do Chile com a Bolívia.


O vice-ministro de Comércio e Integração da Bolívia, Benjamin Blanco, visitou os caminhoneiros na fronteira na quinta-feira (13) e afirmou que propôs "enviar seis profissionais de saúde para trabalhar exclusivamente nos testes de antígenos".


"Desta forma, os funcionários chilenos podem transcrever e inserir os dados, agilizando a entrada [dos caminhões no país vizinhos]", afirmou Blanco.


Veja a matéria completa no G1





2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo