top of page

Celina Leão, governadora interina do DF, defende Ibaneis e condena invasões

"Governo do DF não vai tolerar vandalismos e atos golpistas como os que aconteceram ontem", declarou

Foto: Reprodução TV Brasil

Durante reunião com o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e representantes dos Executivos estaduais, a governadora interina do Distrito Federal, Celina Leão (PP), defendeu o governador afastado Ibaneis Rocha (MDB), condenou os atos antidemocráticos e se colocou à disposição do presidente Lula. Foi aplaudida pelos presentes duas vezes.


"Governo do DF não vai tolerar vandalismos e atos golpistas como os que aconteceram ontem", declarou. Ela ainda defendeu inocência de Ibaneis, afirmando que ele recebeu “informações equivocadas”


Durante a madrugada, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, mandou afastar Ibaneis por 90 dias, em razão de omissão diante dos atos terroristas em Brasília. Ministro também intimou governadores a dissolverem acampamentos em frente aos quartéis-generais do Exército em 24h.


O encontro de emergência ocorre após as invasões e depredações nos prédios do Congresso Nacional, Planalto e Supremo Tribunal Federal (STF). Na ocasião, 14 jornalistas foram agredidos.


Fonte: O Tempo

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page