Cidadãos uruguaios no exterior podem voltar para o país mesmo com Covid-19


Crédito: REUTERS/Diego Vara

O Uruguai abriu suas fronteiras para cidadãos e residentes mesmo que estejam infectados com Covid-19, uma medida rara em meio ao aumento de casos em todo o mundo, embora os passageiros precisem viajar em veículos particulares pela fronteira e estar em uma “bolha” familiar.


O governo do país sul-americano disse que a medida foi em “solidariedade” com uruguaios e residentes que foram infectados com o vírus no exterior.


“Todos os viajantes uruguaios e estrangeiros residentes que contraíram Covid no exterior podem retornar ao nosso país a qualquer momento”, disse o ministro da Saúde do Uruguai, Daniel Salinas, em sua conta no Twitter na sexta-feira.


Com uma população de 3,5 milhões de pessoas, o país, que faz fronteira com Argentina e Brasil, registrou nesta quinta-feira um recorde de mais de 10 mil infecções diárias, segundo dados oficiais. Cerca de 77% da população está totalmente vacinada.


A condição para esta entrada é que as pessoas infetadas o façam em veículos particulares na sua “bolha familiar” e façam quarentena em casa no cumprimento das medidas sanitárias vigentes.


“Não é bom que os uruguaios tenham que ficar no exterior, mesmo que seja arriscado, nós cuidamos deles aqui”, disse Salinas.


Fonte: CNN Brasil


2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo