top of page

Com dominío da Europa e EUA, Forbes ignora América Sul em ranking de clubes mais valiosos do mundo

A Forbes apresentou a lista que, segundo ela, agrega os 30 clubes de futebol mais valiosos do mundo. No entanto, ela deixou de lado os times da América do Sul


Imagem: Reprodução/Forbes


Com Real Madrid no topo, ranking não conta com representantes de grandes mercados do futebol como a América do Sul


A Forbes apresentou a lista que, segundo ela, agrega os 30 clubes de futebol mais valiosos do mundo. No entanto, ela deixou de lado os times da América do Sul, México, Oriente Médio e Leste Asiático.


O Real Madrid figura no topo avaliado em US$ 6,07 bilhões, seguido por Manchester United, Barcelona, Liverpool e Manchester City.


A lista contempla também times da Major League Soccer, que nunca figuraram tão bem avaliados quanto agora.


O Los Angeles FC, por exemplo, está na 17ª colocação avaliado em US$ 1 bilhão, quase que empatado com Internazionale (US$ 1.03 bilhão), finalista da atual edição da Champions League.


Critérios utilizados

A lista dos clubes mais valiosos do mundo divulgada pela Forbes leva em conta os valores de receita e receita operacional das equipes europeias para a temporada 2021/2022.


Para a MLS, a Forbes considerou os números relativos ao ano passado. Os valores da equipe levam em conta patrimônio mais dívida líquida e incluem a economia do estádio do time (sem o valor do imóvel em si), com base em transações comparáveis.


Dos 30 times listados, seis são da MLS: Los Angeles FC, LA Galaxy, New York F, D.C United, Toronto FC e Austin FC.


A própria revista destaca que os valores dos clubes divulgados na lista não estão necessariamente relacionados às receitas.


Ela cita, por exemplo, o Manchester United, ao lado de Real Madrid, como único a alcançar a marca de US$ 6 bilhões, o que representa 7,7 vezes a sua receita no período. Essa quantia equivale justamente ao preço de venda estipulado pela família Glazer para negociar os Red Devils.


Pegando apenas um exemplo do futebol brasileiro. O Flamengo, que obteve R$ 1,043 bilhão de faturamento no período. Pelo câmbio atual, cerca de US$ 208 milhões, superando as de oito clubes da lista dos mais valiosos.


Abaixo, o ranking dos clubes de futebol mais valiosos do mundo segundo a revista:


1º – Real Madrid (US$ 6,07 bilhões)

2º – Manchester United (US$ 6 bilhões)

3º – Barcelona (US$ 5,51 bilhões)

4º – Liverpool (US$ 5,29 bilhões)

5º – Manchester City (US$ 4,99 bilhões)

6º – Bayern de Munique (US$ 4,86 bilhões)

7º – PSG (US$ 4,21 bilhões)

8º – Chelsea (US$ 3,1 bilhões)

9º – Tottenham (US$ 2,8 bilhões)

10º – Arsenal (US$ 2,26 bilhões)

11º – Juventus (US$ 2,16 bilhões)

12º – Borussia Dortmund (US$ 1,93 bilhão)

13º – Atlético de Madrid (US$ 1,54 bilhão)

14º – Milan (US$ 1,4 bilhão)

15º – West Ham (US$ 1,08 bilhão)

16º – Internazionale (US$ 1,03 bilhão)

17º – Los Angeles FC (US$ 1 bilhão)

18º – LA Galaxy (US$ 925 milhões)

19º – Atlanta United (US$ 850 milhões)

20º – Crystal Palace (US$ 806 milhões)

21º – New York FC (US$ 800 milhões)

22º – Newcastle (US$ 794 milhões)

23º – Leicester (US$ 781 milhões)

24º – Aston Villa (US$ 756 milhões)

25º – Everton (US$ 744 milhões)

26º – Lyon (US$ 734 milhões)

27º – Roma (US$ 724 milhões)

28º – D.C. United (US$ 700 milhões)

29º – Toronto FC (US$ 690 milhões)

30º – Austin FC (US$ 680 milhões)


Informações do MKT Esportivo.

4 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page