top of page

Cuba estende tapete vermelho para empresas russas em esforço para aprofundar laços econômicos

País ofereceu às empresas russas o direito de fazer uso de terras cubanas por períodos de 30 anos, uma concessão incomum a empresas estrangeiras no país comunista


Boris Titov, chefe da delegação russa do Comitê de Negócios Russo-Cubano, disse em um fórum de empresários em Havana que Cuba abriu decisivamente as portas aos investimentos russos

(Imagem: REUTERS/Alexandre Meneghini)


Autoridades russas e cubanas e líderes empresariais anunciaram novas vantagens para atrair investidores russos ao mercado cubano, no mais recente sinal de rápido crescimento dos laços econômicos entre os dois aliados políticos de longa data.


Boris Titov, chefe da delegação russa do Comitê de Negócios Russo-Cubano, disse em um fórum de empresários em Havana, no último dia 17, que Cuba abriu decisivamente as portas aos investimentos russos.


"Eles estão nos dando tratamento preferencial", disse Titov ao lotado fórum no Hotel Nacional de Havana.

"O caminho está livre."

Titov disse que Cuba ofereceu às empresas russas o direito de fazer uso de terras cubanas por períodos de 30 anos, uma concessão incomum a empresas estrangeiras no país comunista.


Ele disse que Cuba também isentaria as empresas russas de tarifas de importação sobre certas tecnologias e permitiria que as empresas russas possam repatriar seus lucros, um benefício na economia cubana, dominada pelo Estado.


Os dois países, em lados opostos do globo, também estão avaliando maneiras de acelerar o transporte entre eles, afirmou Titov.


"Nos tempos soviéticos, havia um porto direto e uma ligação marítima", Titov disse no fórum.

"Estamos analisando essa possibilidade com os donos de navios cubanos."

Informações do Terra.



4 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page