Onda de calor brutal traz temperatura de deserto na América do Sul



Uma brutal onda de calor marca este começo de ano no Centro da América do Sul. O calor é mais extremo no Centro e no Norte da Argentina, Paraguai e no Sul do Brasil com marcas que em alguns pontos dos países vizinhos estão atingindo durante a tarde valores excepcionalmente elevados de 45ºC a 47ºC, mais comuns durante o verão do Oriente Médio.


No domingo (2), os termômetros indicaram na Argentina máximas de 46,5ºC em Rivadavia, 45,6ºC em Santiago del Estero, 44,3ºC em Las Lomitas, 43,6ºC em Tartagal, 43,5ºC em Catamarca e Villa del Maria del Rio Seco, 43,2ºC em La Rioja, 42,5ºC em Formosa, 42,0ºC em Resistencia e em Chamical, 41,1ºC em Orán e Roque Saenz Peña, 41,0ºC em Corrientes e em Ceres, 40,7ºC em Paso de los Libres, 40,3ºC em Reconquista, 40,1ºC em Concordia, e 40,0ºC em Monte Caseros. De acordo com o microblog Extreme Temperatures, a máxima do primeiro dia do ano de 45,6ºC em Sombrero Hoby, em Presidente Hayes, foi a mais alta já observada na história do Paraguai em qualquer dia e mês do ano. O sistema da Meteorologia do Paraguai acusa máxima no país de 43,4ºC em Mariscal Estigarria.


No interior e outras cidades da Grande Porto Alegre, máximas no sábado chegaram a 41,1ºC em Santa Rosa, 40,9ºC em Uruguaiana, 40,8ºC em Quaraí, 40,5ºC em Porto Xavier, 39,9ºC em Alpestre, 39,6ºC em Porto Vera Cruz e São Borja, 39,5ºC em Livramento, 39,4ºC em Rosário do Sul, 39,1ºC em Teutônia e Lajeado, 39,0ºC em Vila Nova do Sul e São Gabriel, 38,9ºC em Itaqui e São Vicente do Sul, 38,8ºC em Feliz, 38,5ºC em São Luiz Gonzaga, 38,3ºC em Espumoso e Alegrete, 38,2ºC em Bossoroca e Santiago, 37,9ºC em Westfália e Dom Pedrito, 37,6ºC em Carazinho, 37,5ºC em Parobé e São Leopoldo, e 37,2ºC em Santa Maria.


Fonte: Metsul - Veja a matéria completa


Imagem: Metsul

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo