Ucranianos chegam ao México para cruzar fronteira com os Estados Unidos



Foto: JANEK SKARZYNSKI/AFP

Mais de dez mil quilômetros dividem México e Ucrânia. No entanto, a distância entre os dois países não parece ser uma barreira para os ucranianos que saem do seu país em busca de um futuro de paz. O México não é, ainda, o destino final escolhido pelas famílias ucranianas que estão chegando ao país, mas uma porta de entrada para quem espera conseguir asilo humanitário nos Estados Unidos.


De acordo com dados da CBP - o serviço de proteção das alfândegas e fronteiras dos Estados Unidos - entre outubro de 2021 e janeiro deste ano, 1.233 ucranianos tentaram cruzar a fronteira entre os dois países por Tijuana, cidade mexicana que faz fronteira com San Diego, na Califórnia. Os números de fevereiro e março ainda não estão disponíveis no site da organização, mas, nas últimas três semanas, autoridades migratórias locais estão reportando a chegada de famílias ucranianas à fronteira que esperam atravessá-la para o país vizinho.


Quatro dias após o início da guerra entre Rússia e Ucrânia, o presidente Andrés Manuel López Obrador afirmou durante uma coletiva de imprensa que o "México é um país que protege" e que está de portas abertas para receber refugiados de diferentes nacionalidades. Além disso, no último dia 2 de março, o presidente mexicano disse que todas as pessoas que pedirem refúgio no México serão protegidas.Na mesma semana, Francisco Garduño Yáñez, do Instituto Nacional de Migração, anunciou que o México vai oferecer refúgio a todas as pessoas que chegarem ao país fugindo do conflito com a Rússia.


Dois milhões e meio de pessoas deixaram a Ucrânia desde o início do conflito com a Rússia, no dia 24 de fevereiro, segundo informações da Organização das Nações Unidas. Entre os principais destinos estão a Polônia, a Romênia e a Alemanha. No entanto, países fora do continente europeu, como o México, se tornam uma esperança no caminho de quem foge da guerra.


Com informações do Uol - Veja a matéria completa

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo