top of page

Haddad defende medidas para manter fluxo comercial com a Argentina

Ministro da Fazenda anunciou nesta semana novo pacote para tentar conter a fuga de dólares e a inflação no país vizinho

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira (17) que o governo federal precisa se preocupar em garantir o fluxo comercial com a Argentina e buscar medidas que apoiem a economia do vizinho, que anunciou nesta semana novo pacote para tentar conter a fuga de dólares e a inflação.


Em audiência conjunta das Comissões de Desenvolvimento Econômico e de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados, Haddad ressaltou a importância de medidas para manter a exportação ao país vizinho.


Os governos do Brasil e da Argentina discutem a criação de uma linha de crédito de exportação entre ambos países. A ideia é financiar a exportação de insumos para a indústria argentina, que está enfrentando graves dificuldades na obtenção de produtos básicos. Segundo Haddad, atualmente, mais de 200 indústrias brasileiras exportam para o parceiro comercial.


“Isso não significa fazer favor a ninguém. Faz parte do interesse brasileiro falar de um importante parceiro comercial. Faz parte do interesse falar do principal parceiro comercial do Mercosul. Quando uma empresa demitir por não vender para a Argentina, vão me questionar se não tem que fazer nada. E não falto com minhas obrigações porque se tem de pensar o conjunto”, disse.


Com informações da CNN

4 visualizações0 comentário

ความคิดเห็น

ได้รับ 0 เต็ม 5 ดาว
ยังไม่มีการให้คะแนน

ให้คะแนน
bottom of page